Dia dos pais

Olá, pessoal, vim aqui postar uma crônica, uma historinha fictícia sobre um dia dos pais. Espero que gostem. Lá vai.

 

Eu sou José Alves Nunes Filho, tenho 47 anos e gostaria de compartilhar minha relação com meu pai – cujo nome tenho orgulho de ter herdado – de 78 anos.

Meu pai tem alzheimer, uma doença ingrata que, dentre outras coisas, faz com que meu pai se esqueça de fatos e informações mais recentes, do que ele está fazendo e, enfim, acho que a doença mata meu pai aos poucos.

Sempre achei meu pai a pessoa mais saudável que conhecia, mas agora, ele não sabe onde moramos, esquece a idade dele, e o mais triste, vive pedindo para visitarmos a mamãe – que morreu mais de 5 anos atrás.

Eu vivo procurando mais sobre a doença na internet, mas, como sabemos, não há cura e todas as informações me parecem muito desanimadoras.

Uma pena minha filhinha não pode conhecer o gênio que o avô era no passado. Hoje mesmo ele cismou de não querer usar roupa e está pela casa andando nu. É triste, mas cuido dele com a mesma paciência com que ele certamente cuidava de mim quando era um menino – bem levado por sinal – e o reensino as coisas como ele me ensinava, com calma, no meu ritmo. Sem se irritar, sempre disposto..

Agora tenho que ir, ele acabou de urinar no sofá e está brigando com o cachorro. Os dois ficam disputando minha atenção como duas crianças. O cachorro está rosnando.

Um feliz dia para todos os pais aproveitarem para os seus filhos, e, filhos, passem o maior tempo possível com meus pais, eles são sábios e experientes. E, tenham paciência e calma quando eles já não forem tão lúcidos.. Os cabelos brancos guardam muita sabedoria em si, e, é importante saber retribuir o que eles, um dia, fizeram por vocês – não como uma troca, mas como um agradecimento sincero ao amor que eles dedicaram a nós.

 

Espero que tenham gostado, gente.

Aproveitem seus papais porque todo dia é dia deles. *-* 😀

 

Anúncios

CRÔNICAS: Te amo, guria

Olá, gente.

Boa tarde (bom dia, boa noite…)

Bom feriado pra quem está lendo hoje, quarta feira (25/06)

Certo dia tive a ideia de começar a postar crônicas aqui..

Só agora tive tempo de por isso em prática..

Esta primeira é sobre um cara apaixonado.

Espero que gostem..

Continuar a ler

Cover do dia: Boyce Avenue + Fifth Harmony

Já falei da banda Boyce Avenue aqui antes e declarei todo meu amor pelas versões interpretadas pelo Alejandro. No canal da banda, tem uma playlist com participações especiais que são realmente muito incríveis. Um dia desses, dando uma passada por lá, percebi dois vídeos com participação do Fifth Harmony, com as queridinhas do X Factor USA. Quase surtei ao ver! Ficou muito muito perfeito. Então decidi compartilhar com vocês aqui, já que eu fico ouvindo toda hora.

When I Was Your Man – Bruno Mars

Mirrors – Justin Timberlake

Já tinham visto? Conte aqui!

Ao homem pelas letras

Olá, pessoal.. mês passado, indo pra UERJ, dentro do trem, escrevi um texto.

O texto é sobre a própria escrita.. Isso se chama METALINGUAGEM – é quando se usa uma linguagem pra descrever a própria linguagem (como os dicionários fazem, por exemplo).

Bom, escrever é meu oxigênio e ele foi como um conselho pra uma pessoa que escreve super bem, mas não sabe disso.. Foi como um conselho pra que ela nunca deixe esse hábito de lado.. escrevi pensando em uma pessoa, mas é uma mensagem que dou pra todo mundo.. e não só pra escrita, qualquer dom artístico que se tenha, por mais que não tenha a ver com sua profissão..

Espero que gostem.Imagem

 

Em respeito à alma dos autores e poetas que me inspiraram e em agradecimento a Deus pelo dom de poder tocar as pessoas através das palavras é que eu digo que NUNCA SE DEVE PARAR DE ESCREVER.

“Pelas palavras a mente ganha asas” (Aristófanes)

Pode-se ter outros dons e vocações outras habilidades artísticas e outras rotinas diárias não relacionadas à escrita. Talvez a vida tente separar as pessoas do hábito de transformar sentimentos em palavras.

Talvez uma folha pautada ou uma página em branco no word não desperte mais a mesma sensação de que ela deva – imediatamente – ser preenchida por letrinhas, mas, se houver, algum dia, dentro de um ser a criatividade natural de um artista… Se, alguma vez na vida o coração bateu mais forte ao ouvir o verso de um poema ou a observação silenciosa de qualquer fato cotidiano tomou conta, e fez o cérebro parar…Ali bate o coração de um autor e, sem palavras, a alma do poeta se esvazia…

“Ad hominem per literas” (em português, quer dizer: AO HOMEM PELAS LETRAS. É o lema da faculdade de letras da UFRJ)

Nunca, nunca deixe de escrever.

 

Bom, Chocolates Belga, espero que tenham gostado.. e, se você tem esse dom, ou qualquer outro.. não esquece dele não.. rs Não deixa ele de lado. De certa forma, é até um meio de se isolar quando tudo a sua volta parece estar um caos.. pelo menos comigo a escrita tem esse poder.. (e o ballet também) então, além de arte, também, num cso de emergência psicológica, pode te servir como uma válvula de escape..

Eu posso dizer que escrevo BEM MELHOR quando estou meio mal, porque aí os sentimentos não podem ser bloqueados, e a sua criatividade flui sem barreiras..

É isso..

Beijinhos e até a próxima 😀

Carpe Diem

Ninguém te fará reviver os anos, ninguém te devolverá a ti mesmo. Da mesma forma, teu tempo de vida decorrerá conforme começou, sem retraçar seu curso e sem se deter; não fará alarde, e não te lembrará que passa depressa. Fluirá simplesmente em silêncio.” (Sêneca)

Imagem

Carpe Diem. Todo mundo já ouviu essa expressão, e não estou muito pra explicar o que representa na literatura.. podem procurar no google ou em algum site bom que explique literatura, tipo ESSE AQUI.

Não estou muito pra explicar porque ainda estou meio triste com a morte do Chorão.. Eu o amava e admirava muito, era o meu maior ídolo, porque, além de músico, compositor e skatista o cara era poeta. E era uma ótima pessoa. Uma pessoa que ensinou muito a uma geração que cresceu sem preconceitos, sem julgar os outros, correndo atrás dos sonhos, prezando a humildade, sempre buscando sabedoria, sempre sabendo o seu lugar no mundo.

Assim como eu, toda FAMÍLIA CHARLIE BROWN deve muito a esse mestre.. Quando música e poesia se encontram, nasce uma lenda. O cara, com toda humildade que lhe cabia, nunca fez questão de ser ‘estrela’ na terra. Tanto fez que se tornou uma estrela – talvez das mais brilhantes – no céu.

Homenagens, tem aos montes na internet, feitas por diversas emissoras de TV, rádios, jornais, portais e sites na internet e também as feitas pelos fãs, como as que o grupo LA FAMÍLIA CARIOCA – o qual faço parte – organizam. Tributos em nome daquele que tanto amamos do jeito que ele gostava “Com melodia, alegria e barulho”, com violões, muita música, camisa preta, skate…

cd5

Informações sobre a morte do cara também têm aos montes, basta procurar. Então, hoje estou aqui pra falar um pouco sobre a efemeridade da vida.. É, eu sei. Efemeridade é uma palavra que a gente escuta na aula de literatura e depois esquece o significado. Esse palavrão quer dizer que a vida é curta, passageira.. Bendita efemeridade. :-\

Imagem

Já dizia Alexandre Magno Abrão (Nosso eterno Chorão): “Vamos viver nossos sonhos, temos tão pouco tempo”, ele sabia muito bem do que estava falando.

Na música NÃO USO SAPATO ele dizia: “Eu não sei fazer poesia”, era mesmo muito bem humorado.. Engraçado ouvir isso de um dos maiores poetas contemporâneos.

Não por ser fã dele, mas por achar que sua filosofia de vida estava certa é que venho dizer: Colha o dia! Deus não nos deu a vida pra que esperemos sentados ou deixemos passar as oportunidades. Se nos esforçarmos, somos capazes de tanta coisa…

Imagem

Não sou nenhuma especialista em amor, nem em amizade, nem em vida, mas, tenho umas dicas que coisas super saudáveis das quais você – com certeza – não vai se arrepender se fizer 3 ou 4 vezes na vida. Se você curtir demais, uma ótima ideia é fazer pra sempre.. Lá vão:

> “Cuide de quem corre do seu lado e quem te quer bem” – é uma frase autoexplicativa do mestre Chorão.

> Se você acha que está apaixonada, provavelmente você está, então, não deixe essa passar, se não você nunca sabe o que poderia ter acontecido se tentasse.

> Dance, cante, pratique esportes, sorria, gaste o seu tempo com o que te faz sorrir. Afinal, “Sorrir é o melhor remédio”.

> Fique com quem te faz feliz, pois esses, sim, sentirão sua falta quando você partir..

Viva intensamente!

É isso, Chocolates Belga.

R.I.P Chorão.

CARPE DIEM.

Beijinhos,

Fiquem com Deus e até a próxima.