Ao homem pelas letras

Olá, pessoal.. mês passado, indo pra UERJ, dentro do trem, escrevi um texto.

O texto é sobre a própria escrita.. Isso se chama METALINGUAGEM – é quando se usa uma linguagem pra descrever a própria linguagem (como os dicionários fazem, por exemplo).

Bom, escrever é meu oxigênio e ele foi como um conselho pra uma pessoa que escreve super bem, mas não sabe disso.. Foi como um conselho pra que ela nunca deixe esse hábito de lado.. escrevi pensando em uma pessoa, mas é uma mensagem que dou pra todo mundo.. e não só pra escrita, qualquer dom artístico que se tenha, por mais que não tenha a ver com sua profissão..

Espero que gostem.Imagem

 

Em respeito à alma dos autores e poetas que me inspiraram e em agradecimento a Deus pelo dom de poder tocar as pessoas através das palavras é que eu digo que NUNCA SE DEVE PARAR DE ESCREVER.

“Pelas palavras a mente ganha asas” (Aristófanes)

Pode-se ter outros dons e vocações outras habilidades artísticas e outras rotinas diárias não relacionadas à escrita. Talvez a vida tente separar as pessoas do hábito de transformar sentimentos em palavras.

Talvez uma folha pautada ou uma página em branco no word não desperte mais a mesma sensação de que ela deva – imediatamente – ser preenchida por letrinhas, mas, se houver, algum dia, dentro de um ser a criatividade natural de um artista… Se, alguma vez na vida o coração bateu mais forte ao ouvir o verso de um poema ou a observação silenciosa de qualquer fato cotidiano tomou conta, e fez o cérebro parar…Ali bate o coração de um autor e, sem palavras, a alma do poeta se esvazia…

“Ad hominem per literas” (em português, quer dizer: AO HOMEM PELAS LETRAS. É o lema da faculdade de letras da UFRJ)

Nunca, nunca deixe de escrever.

 

Bom, Chocolates Belga, espero que tenham gostado.. e, se você tem esse dom, ou qualquer outro.. não esquece dele não.. rs Não deixa ele de lado. De certa forma, é até um meio de se isolar quando tudo a sua volta parece estar um caos.. pelo menos comigo a escrita tem esse poder.. (e o ballet também) então, além de arte, também, num cso de emergência psicológica, pode te servir como uma válvula de escape..

Eu posso dizer que escrevo BEM MELHOR quando estou meio mal, porque aí os sentimentos não podem ser bloqueados, e a sua criatividade flui sem barreiras..

É isso..

Beijinhos e até a próxima😀

Escreva sua opinião

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s